Fator Digital - Performance e Resultados em Marketing Digital

Porque criar um plano de implantação do Google Analytics

Quando você não sabe para onde vai, qualquer caminho serve. O gato já dizia isso para Alice, no livro de Lewis Carroll, mas a máxima se aplica perfeitamente ao Marketing. Uma estratégia digital só tem sucesso quando a equipe define objetivos de ação. Portanto, é necessário desenvolver um plano de implantação do Google Analytics.

O mercado também conhece esse guia pelo nome em inglês: Analytics measurement plan. Em linhas gerais, trata-se de uma série de diretrizes adotadas para interpretar os dados corretamente. Afinal, as ferramentas coletam muitos números e estatísticas, mas esse material se torna inútil a quem não consegue aproveitá-lo.

É preciso ter uma noção clara de quais informações obter. Para tanto, você tem de entender por que elas são importantes. Em outras palavras, responda a si mesmo: o que significa sucesso para o seu negócio? Esse será o ponto de partida para justificar seu investimento em Marketing Digital.

Construindo um plano de implantação de Analytics

Abaixo, elencamos um passo a passo para o Analytics measurement plan. Trata-se de uma explicação genérica, que deve ser adaptada à sua realidade. Reiterando: o que define o êxito são os objetivos de sua empresa – e esses, obviamente, variam conforme o tamanho da companhia ou o segmento de mercado. Vamos lá?

  1. Defina os objetivos

Por que você tem um site? É para tornar a marca mais conhecida e estreitar laços com o público? Ou seria para aumentar as vendas de determinado produto? A resposta para esses questionamentos delineará a abordagem de sua estratégia de marketing.

Digamos que a ideia esteja focada nas vendas. Nesse caso, pode-se trabalhar inclusive com algumas metas mais específicas. No exemplo que vamos desenvolver aqui, podemos pensar em “dobrar a quantidade de itens comercializados em, no máximo, três meses”.

Pronto, agora já temos escopo e prazo delimitados. As próximas etapas da campanha serão desenhadas para se atingir esse objetivo.

  1. Elabore a estratégia

Uma vez que já definimos a meta – dobrar as vendas em três meses –, o próximo passo é pensar em como fazer isso. No que diz respeito ao marketing digital, as táticas incluem a divulgação da marca a novos públicos. Deve-se trabalhar com perfis de audiência, ou buyer personas, que rendam boas chances de conversão.

Como a estratégia em questão precisa mostrar resultado num tempo relativamente curto, a campanha de links patrocinados demanda precisão na escolha das palavras-chave. Os termos corretos atingem o alvo com mais rapidez. Porém, atenção: keywords com muita procura elevam bastante o orçamento da campanha.

Posts no Google Meu Negócio também ajudam a dar visibilidade. Lembre-se de gerar conteúdo para esse canal.

  1. Entregue conteúdo de qualidade

Com a campanha de Adwords ativa, os prospects vão começar a chegar até seu site. Eis um momento crítico para a experiência de compra do consumidor. A landing page deve conter informações úteis, que estimulem o usuário a seguir adiante no funil de vendas.

Como já explicamos neste blog, nem todo lead estará pronto para realizar a aquisição. Alguns ainda estarão na fase de pesquisar, tirar dúvidas e comparar preços da concorrência. Outros, por sua vez, já terão decidido que sua empresa oferece a solução mais adequada – seja pelo preço baixo, seja pela qualidade.

De todo modo, é necessário entender os hábitos do público para atingir a audiência certa. Esse trabalho requer atenção especial à próxima dica.

  1. Estabeleça os KPIs

Chegamos a mais um ponto crítico para o plano de implantação da estratégia de Analytics. Os indicadores de desempenho (Key Performance Indicators, ou KPIs) são os índices que determinam a efetividade de uma campanha.

As ferramentas digitais geram muitas estatísticas. Resta saber quais delas fornecem material relevante de análise.

Por exemplo, os relatórios podem indicar que o fluxo de visitantes do site aumentou, mas que muitos abandonam a página sem preencher o cadastro. Numa situação dessas, procure entender os motivos da desistência. Será que o formulário é confuso demais? O sistema está com algum bug e não carrega direito? Ou os leads, simplesmente, não são qualificados?

A origem do tráfego, o conteúdo mais acessado e o dispositivo usado pelas pessoas costumam ser variáveis importantes. No entanto, não podemos fixar uma regra aqui. De novo: os KPIs, como todo o resto, vão depender de seus objetivos.

  1. Mensure os resultados

O próprio Google Analytics fornece inúmeras categorias de análise gratuitas. Ainda assim, elas podem não ser suficientes para sua estratégia digital. Talvez seja preciso investir em soluções customizadas, ou associar diferentes ferramentas.

Daí para a frente, o sucesso do Analytics measurement plan depende do know-how de sua equipe. Vocês terão que interpretar os dados para aferir se a meta foi atingida. Por isso, quanto mais específica – dobrar as vendas em três meses, por exemplo –, mais fácil observá-la.

Claro que alguns ajustes poderão ser feitos ao longo do processo. Ainda assim, todos os colaboradores envolvidos precisam estar em sintonia, isto é, devem conhecer quais são os indicadores de performance relevantes e por que esses KPIs importam.

Sem um planejamento estruturado, corre-se o risco de a equipe ficar maravilhada com números que não dizem nada. Ok, a quantidade de visitantes do site aumentou. E aí? Isso muda alguma coisa para o negócio?

Esperamos que o post de hoje seja útil para você desenvolver seu plano de implantação de Analytics. Obrigado pela leitura!

Fator Digital

A Fator Digital é formada por uma equipe especializada, criativa e capacitada para executar projetos digitais com foco em resultados.
Atuação completa no planejamento de websites, portais e e-commerces e atuando ainda na gestão de campanhas online através do Google AdWords.