Fator Digital - Performance e Resultados em Marketing Digital

Fim da parceria entre Facebook e Experian afeta a segmentação de anúncios

A parceria entre Facebook e Serasa Experian está com os dias contados. Devido ao recente escândalo envolvendo o vazamento de informações de usuários, a rede social de Mark Zuckerberg resolveu modificar algumas políticas internas. Isso inclui encerrar as chamadas Categorias de Parceiros, pela qual dados de outros provedores ajudam anunciantes a segmentar a publicidade.

Calma: isso não significa que a ferramenta Facebook Ads se tornará inútil. O que acontece é que sua empresa, provavelmente, vai ter que encontrar novas estratégias para atingir o público-alvo. A seguir, entenda melhor o que muda e veja como lidar com essa transição.

Por que a parceria entre Facebook e Serasa Experian terminou

A polêmica se instaurou após o escândalo da Cambridge Analytica. Um ex-funcionário da consultoria alegou que dados pessoais dos usuários do Facebook teriam sido vazados para a empresa. Esse material foi utilizado como base para propaganda política do então candidato à presidência dos EUA pelo Partido Republicano, Donald Trump.

Estima-se que a ação tenha envolvido os perfis de mais de 80 milhões de pessoas. Com isso, após a revelação do fato, não foi surpresa que houvesse abalos à imagem da rede social.

Desde então, Mark Zuckerberg e equipe têm encontrado maneiras de tornar a política de privacidade do site mais transparente. As opções de controle do conteúdo pessoal ficaram mais fáceis de entender. No News Feed, é comum encontrar vídeos explicando como os dados da comunidade são utilizados por companhias de fora.

Porém, talvez uma das decisões mais surpreendentes seja, mesmo, o encerramento das Partners Categories. Esse serviço possibilita a segmentação de anúncios baseada em databases de organizações como Acxiom e Experian.

Elas fornecem importantes elementos de análise, como padrões de consumo em lojas físicas, por exemplo. Junto às informações coletadas pelo próprio Facebook, é possível direcionar os anúncios de acordo com a faixa de renda e a atividade profissional do indivíduo.

O recurso deve ficar totalmente inoperante no dia 1º de outubro, segundo este post. Até lá, fica a pergunta: como trabalhar os anúncios no Facebook a partir de agora?

Como aproveitar o Facebook Ads sem as Partners Categories?

O assunto é controverso. As Categorias de Parceiros facilitavam a vida de pequenos negócios, que dificilmente têm instrumentos para pesquisar a fundo os hábitos de consumo da audiência. Na prática, é como se cada empreendimento tivesse que criar seu próprio banco de dados, de hoje em diante.

Se bem que, na verdade, trata-se de um esforço necessário. O segredo de uma campanha de sucesso não está tanto na tecnologia, mas na maneira como ela é usada. Mais importante que ter acesso ao público é saber quem você quer conquistar – e por quê.

Isso se faz de várias formas: pesquisa de mercado, definição de personas, estratégias integradas de marketing, geração de leads e monitoramento dos resultados. Quando você tem métricas de performance claras, fica mais fácil observar se os objetivos foram alcançados.

Cabe lembrar que a segmentação de anúncios do Facebook vai continuar. Ainda será possível filtrar o target conforme a idade, o gênero e os interesses informados à plataforma. No entanto, outras ações paralelas, como links patrocinados, deverão ser consideradas. Experimente alternativas e avalie quais são vantajosas para o seu caso.

Fator Digital

A Fator Digital é formada por uma equipe especializada, criativa e capacitada para executar projetos digitais com foco em resultados.
Atuação completa no planejamento de websites, portais e e-commerces e atuando ainda na gestão de campanhas online através do Google AdWords.